Anos 50

Década obcecada pela modernidade e pelo consumo de tudo que facilitasse o trabalho cotidiano, representando a nova forma moderna de viver. Neste período, os mobiliários passaram a ser moldados em plástico, pés de palito, madeira pau-marfim, estofados com almofadas soltas, cores em tonalidades vivas acompanhadas de preto ou cinza. Os móveis se tornaram leves e elegantes, em alguns casos com o cromado presente, consolidando a o modernismo.

Fabricante de móveis criados pelos mais renomados designers